sábado, 10 de fevereiro de 2018


397 - Terras de Capelins: Faleiros - Ferreira de Capelins - Montejuntos 

A Família Capelinense

É verdade, somos todos família, desde Santiago Maior, Monsaraz, S. Pedro do Corval, Capelins, Rosário, quase todos os capelinenses daí descendemos! Também sou Moreira, vindo do Clemente Antunes Moreira (nascido em 1735) em Vila Viçosa e de Francisca Bernarda, de Assumar - Monforte! Já investiguei a origem de quase todas as famílias capelinenses desde antes de 1600 e, vieram de diversos lugares de Portugal e de Espanha, o povoamento destas terras feito a partir de 1314 foi à custa de refugiados na Vila Defesa de Ferreira, que se fixaram no Lugar de Ferreira junto à atual Ermida de Nossa Senhora das Neves e, já em alguns Montes, depois de 1500 vieram os Cristãos novos de origem judaica! A partir de 1700 já com a Casa do Infantado (desde 1698) chegaram muitos povoadores através da transumância, da Serra da Estrela - Seia - Guarda e por cá ficaram, dos quais, também sabemos quem são as respetivas famílias! Após a extinção da Casa do Infantado, que detinha a herdade da Defesa de Ferreira e a herdade da Defesa de Bobadela, senão quase toda a Vila de Ferreira, hoje Freguesia de Capelins, a coroa procedeu à venda destas terras divididas em pequenas herdades e courelas e, vieram novos povoadores das terras mais próximas e de Espanha, com maior concentração na área de Montes Juntos. A riqueza destas terras era a agro pecuária, existindo em simultâneo alguma industria, ainda artesanal, sendo a mais relevante o fabrico de queijos, farinha, carvão, telhas e tijolos. 




Sem comentários:

Enviar um comentário

472 - Terras de Capelins  História de Capelins  Paróquia de Santo António de Capelins  É nestes livros que se encontra escrita a ...