segunda-feira, 17 de abril de 2017


110 - Terras de Capelins 
História, lendas e tradições das terras de Capelins
A lenda do burro ou vaca 

Conforme nos contaram as pessoas mais idosas das terras de Capelins, há cerca de 80/100 anos, existiam por aqui muitas feiticeiras e lobisomens e, este caso, atribuído aos ditos cujos, aconteceu num verão de um desses anos da primeira década de 1900.
Nos meses de verão, não só por ser mais fresco, mas também pela necessidade de guardar os animais que pastavam durante a noite, os seus proprietários ou trabalhadores das herdades ou propriedades, dormiam nos campos ao luar, assim como, durante a debulha, nas eiras, para guardar os cereais e, quando não os conseguiam separar da palha durante a tarde por falta de vento, se viesse pela noite fora, os homens tinham de se levantar e passar a noite a trabalhar. Este caso, que nos contaram com grande convicção de verdade, passou-se numa noites em que todos os homens, proprietários e trabalhadores das herdades das terras de Capelins, estavam a dormir nas eiras dos Montes, após a meia noite começaram a ouvir um grande tropel, que parecia de dezenas de cavalos, acordaram assustados e uma das pessoas que assistiu ao sucedido estava a dormir na eira do Monte da Talaveirinha e contou que acordou com grande barulho de cascos de animais, que faziam um estrondo medonho, como não dava para correr para dentro do Monte e tinha muita palha por perto, puxou-as para cima e ficou muito quietinho a observar o que se passava e viu apenas um pequeno burro (um borcalho) a correr que sozinho fazia todo aquele barulho, deu três voltas ao Monte, depois parou-se em frente e, em vez de zurrar como um burro, urrou como uma vaca e continuou a correr por todos os Montes da região. De manhã, as pessoas muito assustadas, juntaram-se para comentar o que tinha sucedido, porque em todas as eiras havia homens a dormir e ouviram exatamente o mesmo! 
Todas as pessoas,atribuíram este fenómeno, à ação de um lobisomem! Não havia outra explicação!
E como me disseram: "Que necessidade tinham as pessoas de mentir?" 
Tudo, ou quase tudo, tem explicação! Sabemos lá o que foi! Mas que alguma coisa anormal aconteceu, aconteceu! 






Sem comentários:

Enviar um comentário

288 - Terras de Capelins  História de vidas de Gentes das terras de Capelins  Família "Romão" de Capelins e arredores  Co...